sábado, 26 de fevereiro de 2011

Nem lateral direito, nem fotógrafo...

Há um ano atrás, na minha primeira viagem sozinha e de avião para São Paulo, tive a satisfação de encontrar o Tino Marcos (repórter esportivo da Globo) no aeroporto de Floripa, conforme contei no post 'As (des)vantagens de ter um papai-gaio' - clique no link para relembrar a história. Na ocasião, a única foto que tirei com o Tino saiu tremida. Pois bem, ontem, num evento da Ipiranga, em Floripa, fui surpreendida com a presença do Tino novamente. Durante todo esse ano que se passou, culpei meu pai por ter falado de mais e ter prestado atenção de menos da máquina fotográfica e, em todas as vezes em que o vimos na TV, nos referimos ao Tino como 'nosso amigo'. Quando o diretor da Ipiranga o chamou ao palco, papai e eu nos olhamos: 'É o nosso amigo!'. , logo fiquei pensando que depois teria que tirar outra foto com ele, já que a do ano passado ficou tremida. E dessa vez havia mais o técnico da Seleção Brasileira de Futebol para fotografar e marcar presença aqui nos meus posts. Tive a certeza de que tudo renderia uma boa história (e rendeu). Depois da 'meio-palestra, meio-entrevista' do Mano com o Tino, fomos ao saguão encontrá-los. Tenho que confessar: ser 'malacabada' me concede alguns benefícios, como por exemplo, não pegar filas para tirar foto com famosos... risos. Fotografamos eu e meu pai com o Mano (muito humilde e gentil - bem diferente do Dunga). Meu pai quis fazer uma média e disse:
- Mano, eu sou lateral.
Rindo, ele respondeu: - Bom, acho que você tá um pouquinho acima do peso.

Hahahahaha... é a mais pura verdade e, apesar de meu pai jogar os 90 minutos de uma partida, é melhor ele considerar a dica, afinal, era conselho de Mano Menezes, não é mesmo? Falei para o papai que eu, sim, deveria para a Seleção, pois sou 'Kaká', né? Se bem que papai pode substituir o Fofômeno... risos. Brincadeiras a parte, ao me aproximar do Tino Marcos, falei para ele que há uma ano tiramos uma foto no aeroporto e havia ficado tremida, então era hora de tirar outra. Ele é uma simpatia, muito sorridente e gentil, maaaaas adivinhe caro leitor internauta: papai tremeu de novo a câmera, igualzinho da primeira vez! Sorte que eu entreguei o endereço do blog para o Tino (e ele disse que passaria aqui), então quero dizer a ele que espero ter outra oportunidade para mudarmos de fotógrafo... risos.

Observação: o local do eventro, Centro de Eventos Centrosul, dispunha de toda acessibilidade: piso tátil, rampas, elevador, banheiros adaptados e auditórios planos.

Beijo grande.

5 comentários:

  1. hahahahahaha é Kaká, acho melhor pagar um curso de fotografia pro seu pai, ou trocar de fotógrafo mesmo! Mas é a emoção né, afinal não é todo dia que ele recebe uma dica do Mano Menezes, e a mesma dica do Fofômeno!
    Adorei o post, beijão querida!

    ResponderExcluir
  2. O que eu posso te dizer? Sou mana do Mano, adoro ele: MANO, VOLTE PARA O CORINTHIANS!!!! HEHE, a foto com o Tino não ficou tão mal assim...

    adoro as suas histórias.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. aha, me lembro de vc ter me contado essa hisória, chica... q doideira, viu... cá entre nós, a foto tremida tá valendo mais do q se tivesse ficado mesmo 100%... a história q fica depois n tem preço q pague...

    *feliz segunda-feira de carnaval aí... se cuida..

    besos.

    ResponderExcluir
  4. Acho que vc deveria verificar porque seu pai fica tão nervoso quando tira fotos do Tino Marcos. Estranho, não? rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo Blog
    Adorei ...
    Aline - Guarulhos

    ResponderExcluir

Deixe suas Koisas aqui também... obrigada pela visita!