segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Restaurante 'A Casa da Bisa' - Dica de Acessibilidade

E aí, caro leitor internauta? Como vai?

Conforme anunciado no final do último post, hoje o texto é dedicado ao Restaurante 'A Casa da Bisa', no bairro do Cambuci, em São Paulo. Foi nesse cantinho da capital paulista que eu, Renata e Denise (a Denise também é psicóloga e trabalha com a Renata) fizemos o curso de autismo, na AMA. Nos dois primeiros dias de curso, todos nós, integrantes do grupo, fomos levados, pelo próprio ônibus da instuição, para o sítio deles onde são atendidos outros autistas (os mais severos). Nesses dias no sítio, no bairro de Parelheiros (periferia da periferia da periferia da cidade de São Paulo), almoçamos na própria AMA. Deixa eu fazer um breve comentário aqui, caro leitor internauta: eu dormi nesse trajeto. Quando peguei no sono, tudo era grande e de concreto e, quando acordei, estávamos no sítio da AMA, onde tudo era mato. Mato mesmo. Achei que tivesse sido abduzida! Imagine um lugar longe. Imaginou? Então, não é aí ainda, é mais pra frente, lá onde 'o vento é parado', como diz o Fabrício. Bom, continuando... No resto da semana, no Cambuci, almoçamos no Restaurante 'A Casa da Bisa'. O que inclusive me fez lembrar da Clô, da novela das 21h, que vive falando que nasceu no Cambuci... risos. Que fim de carreira, hein? Só assim eu me sinto numa novela da Globo!... risos.

Mas, voltando a hora do almoço, claro que pedi indicação de um lugar que não tivesse escadas e a Marli Marques, coordenadora e palestrante, nos indicou esse lugarzinho. Era 'pertinho' e 'fácil' de achar (esse 'pertinho' e esse 'fácil' lá são bem relativos, né?). Fomos de carro. No caminho tivemos que pedir informação e a Denise, ao invés de dizer 'bisa', perguntou: 'Moço, onde fica o restaurante da Nonna?'... risos. Aliás, em praticamente todas as vezes que tivemos ir a um endereço novo, eu que fiquei responsável de pedir a informação. E adivinhe? Me surpreendi com a educação dos paulistanos. Todos, sem exceção, muito gentis - inclusive para dizer: 'Ih, moça, não sei onde fica isso não. Desculpa!'. Será que tive sorte ou será que as koisas estão melhorando no quesito 'gentileza'? Prefiro acreditar na segunda opção. Chegamos lá e me deparei com uma calçada que não era rebaixada, mas no restaurante não havia degraus. Achei o lugar um mimo... pequeno, aconhegante, com luz natural, decoração de muito bom gosto, comida caseira maravilhosa e a dona era uma simpatia só. Eu, animadíssima com o restaurante, falei para ela que fotografaria e colocaria no blog. Está aqui o prometido!

Se você foi, vai ou mora em Sampa, há de convir comigo que a boca pode ser um bom GPS - é divertido, no mínimo. Tenha disposição e leveza porque a cidade é caótica de qualquer jeito. Você ficando mal humorado ou não, o trânsito não vai mudar, a poluição não vai diminuir e a violência não vai sumir. Aliás, em geral, não tenho medo de andar lá. E eu adoro aquele caos, aquela cidade acinzentada, acimentada. E é tudo muito bonito, basta saber apreciar. Porque é uma beleza diferente. Tem tudo a qualquer hora. Gente de todo tipo que não pára. Fico pasma com tanta diversidade, com tantos monumentos. É muita imponência! E o melhor: lá ninguém me conhece - porque aqui, se eu espirrar, a cidade inteira já sabe... risos. Costumo dizer que o Brasil começa e termina em São Paulo, pois é a grande miscigenação do povo brasileiro. É casa de muitos estrangeiros, inclusive. É berço de boa parte da nossa História; é palco dos maiores eventos e celeiro das grandes oportunidades. São Paulo é antagônica, extrema, incoerente, riquíssima e muito pobre. E, justamente por isso, São Paulo é tão humana. São Paulo me liberta! É pra lá que quero ir!

Restaurante 'A Casa da Bisa'
Endereço: Rua Maranhão Albuquerque, 71 - Bairro Cambuci - São Paulo/SP
Site: http://www.acasadabisa.com.br/
Recomendo!

Próximo post: 'Por que Tyson?'

Beijocas.

2 comentários:

  1. Gostou do famoso Cambuci? No fundo, acho que você teve sorte com os paulistanos, não que eles não sejam gentis, mas que a vida lá é tão corrida que não dá para parar e dar informação.

    beijos e obrigada pelo comentário em meu blog

    ResponderExcluir
  2. Oi querida, tb adorei seu blog, to lendo aos poucos claro, mas eu chego lá.
    Beijocas, parabéns pela cabecinha "boa" rs

    ResponderExcluir

Deixe suas Koisas aqui também... obrigada pela visita!