sexta-feira, 4 de junho de 2010

Graci e o aspirador de pó

Feriadão, hein caro leitor internauta?
Muito frio por aí? Por aqui sim e adoro esse tempo. Ainda mais com quermesse na cidade - hoje estou meio de 'ressaca', mas isso se tornará assunto de um próximo post.

Por enquanto, vim contar para você uma peripécia que minha amiga Graciele aprontou nessa semana. Para quem não sabe, conheço a Graci desde os 8 ou 9 anos de idade (essa da foto), sempre estudamos juntas no colégio e, hoje, também trabalhamos juntas - apesar de ela ser fisioterapeuta, e não psicóloga. Bom, terça-feira nossos horários de trabalho coincidem e quando chegou ao final do nosso expediente eu fui até a sala dela:
- 'Graci, me dá uma carona?'.
- 'Ué, dou. Mas eu ia te convidar pra ir num lugar comigo.'.
- 'Vamos!' - Caro leitor internauta, estou com a estranha mania de aceitar convites antes mesmo que me informem a que eles se referem... risos.
'Quero que você dê sua opinião, que vá comigo comprar o presente do Dia dos Namorados pro 'perigoso'.' - esse é o apelido carinhoso do Douglas, namorado dela. Não me pergunte o porquê. Just imagine!... risos. - 'Você tem compromisso ainda hoje?'.
- 'Tenho, mas dá tempo. Vou com você sim'. - fiquei tão empolgada com a ideia (porque eu adoro comprar presente, fazer surpresa, montar cestas, etc.) que nem lembrei que tudo aquilo era para o namorado dela, e não para o meu... risos.

Ok. Entrei no carro dela e vi que no banco de atrás havia uma grande bola de plástico bem resistente verde (põe verde nisso) que impossibilitava a visão pelo retrovisor. Perguntei o que era aquilo (sim, óbvio que era uma bola, mas eu queria saber para quê servia, dada a felicidade da Graci por tê-la comprado). Houve todo um embasamento teórico para tanto entusiasmo, mas nem me atreverei a explicar já que entendo 'bulhufas' de fisioterapia. É melhor calar do que falar besteira. Mas resumindo: era um bola de uma marca 'bam bam bam' que faz os pacientes parecerem bonecos de panos enquanto fazem exercícios, mas que, seguramente, traz benefícios à saúde desses. Pronto, foi assim que entendi.

Mas vamos voltar ao presente. Fomos ao centro e a Graci estacionou na Avenida Principal, perto de um novo centro comercial que abriram por aqui. Descemos do carro e fomos andando, andando, andando. No caminho fui pensando no estilo do Douglas para dar uma boa assessoria à minha amiga. Lembrei que ele é farmacêutico, tem 26 anos e é libriano feito eu (então um cartão bem lindo faz-se necessário para acompanhar qualquer presente. Librianos adoram essas koisas). Passamos pelas vitrines da Lacoste, da Tritton, da Colcci e, de repente, a Graci pára na frente da Koerich, que é uma loja de móveis e eletrodomésticos, tipo Magazine Luiza. Tudo bem, não entendi nada, mas entrei com ela. Será que marcaram o casamento e eu nem fui comunicada? O vendedor se aproxima e pergunta se pode ajudar. Lá vem a bomba:
- 'Sim, quero ver quais aspiradores de pó você tem aí.'.
Hããã? Pára tudo! Aspirador de pó? Como assim? Era presente para o namorado ou para o sogro, ou para o pai dela? Se bem que, na minha opinião, não é muito elegante dar um aspirador de pó para um sogro ou para o pai, mas... fiquei ali tentando compreender o que se passava. Olhei para ela e fiz uma cara de 'Quê diabos você tá fazendo?'. Ela me deu um sorrisinho sem graça, claro. E o pior veio depois: só tinha dois aspiradores na loja, um vermelho e outro rosa. O vendedor ficou tentando convencê-la a levar o rosa. Veja bem, caro leitor internauta, não tenho nada contra homens que vestem e gostam da cor rosa e tal, pelo contrário, acho bem bacana e o aspirador era bem bonito até, mas era cheio de 'fru-fru' e eu quase dei um chute na canela da Graci convidando-a, nada gentilmente, a desistir daquela ideia maluca que não sei onde ela arrumou. Para o bem de todos e da nação, lá pelas tantas ela desistiu da compra. Que alívio! Ainda bem, embora eu ache que tenha sido pelo preço e não por ter se dado conta de que aquele não era, de fato, um presente apropriado à ocasião... risos.

Saímos da loja e fomos olhando outras vitrines, então eu não me contive e perguntei qual era o objetivo dela quanto ao Dia dos Namorados. Eu sei, deveria ter posto em prática meu ofício de psicóloga e ter perguntado isso antes, mas ali eu era a Karla-gente-e-amiga e não a Karla-psicóloga-e-muito-profissional. Ela respondeu que pensou em dar um aspirador de pó e umas cervejas, pois são duas coisas que ele precisa e gosta, respectivamente. Daí começou todo o meu discurso de assessora, cargo para o qual eu havia sido designada naquela hora. Falei para ela que o presente deveria ser outro, afinal é o primeiro Dia dos Namorados deles juntos e um aspirador de pó parece presente para um marido o qual você já tem há uns 50 anos e já deu tudo o que tinha que dar, literalmente. Está mais para bizarro do que para criativo. E outra: cerveja para quê? Para o 'perigoso' se embebedar e ficar 'nada perigoso'? Não, não... há tantos presentes bacanas, originais, tantas ideias... não é mesmo, minha gente?

Graci, minha amiga, ainda te amo e te considero, mas até dia 12 de junho dá tempo de sobra para pensar em algo mais romântico. E eu avisei que isso renderia um post aqui no blog... risos.

Por favor, caro leitor internauta, deixe sugestões. É caso de casório ou separação... risos.

7 comentários:

  1. Conseguiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!

    uhuuuuuuuuu

    Bom!Depois de ter aprendido a comentar hauahau

    Não ri de mim ¬¬

    Vou ter que zuar com a cara da Gra, certeza!!!

    hauahuaahu

    Kara (com "K", para entrar na onde das Koisas com "K")to rindo muito do aspirador de pó...kkkkkkkkk Minha imaginação ta indo longe, com o que ele poderia fazer com o aspirador e as cervejas, kaso realmente as ganhesse da Gra, ahauahu Pensei em ele virar as cervejas no chão, só para aspirar depois...ou brincar de passar o aspirador nela, ahuahauah gente to rindo muito! ahauahuahu

    Gra se supera kara hauahau, e é por isso que amo tanto ela *_* tão singular, até na forma de dar presentes pro perigoso (tbm ri do apelidinho exotico!)

    Primuxa, amei teu espaço virtual...
    E só pra lembrar...TE AMO MUITO KAKA

    ResponderExcluir
  2. Kaká, muito obrigada pelo seu "conselho" sobre o meu post de "stress", rsrs. Irei aplicá-lo!

    E quanto ao seu: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    MEW, com todo o respeito: SUA AMIGA É LOUCA! ai Jesus, oq faz uma pessoa querer dar um ASPIRADOR DE PÓ para o namorado, NO DIA DOS NAMORADOS?? Meu Deus... rsrs. E o pior é que ela passou o passeio inteiro falando sério, não foi??

    Olha, modestia à parte, eu sou ótima em dar presentes. Diga pra ela... sei lá, selecionar algumas fotos, comprar um álbum bem bonito e romântico e colocar as fotos pelo meio do álbum, perdidas. Se quiser escrever alguma coisa também, a respeito daquele momento, ótimo.

    Ou um casaco BEM LINDO, já que aí eatá bem frio.

    Ou uma blusa manga longa na cor creme.

    Ou um cd no estilo de música que ele goste com todo o romantismo do dia dos namorados.

    Ou uma cesta de café da manhã acompanhado de um buquê de flores brancas e uma telemensagem.

    Ou um câmera digital.

    Ou um celular, sei lá... TUDO, menos um aspirador de pó! rsrs.

    Beijos Kaka, espero que meu coment sirva para alguma coisa.

    ResponderExcluir
  3. kkkk

    pensei que fosse soh eu q tivesse essas ideias!Uma vez pensei em comprar um vaso de presente! Aindaa bemm q vc criou esse post! Pois novamente to sem ideias para presente!

    Vou ficar espiando aqui! Quem sabe s=urjam ideias que nao sejam de aspirador e vasos!

    :D

    ResponderExcluir
  4. Opa Keikos falando da Graci...ahuahau mais isso é bommmmmm
    Amiga queria lembrar que bola era azul, Deltonimos é problema genético, mais pelo meus conhecimentos não ocorre no sexo feminino mais nessa vida se espera de tudo né heheheheheh
    Bom qto ao presente do meu perigoso tem explicação, sou mulher atipica e adoro fazer coisas saem totalmente do contexto (resumindo concordo com a amiga internalta a cima que diz que sou louca (aaaaaaaaaaaaaa LOUUUUCAAARRR)
    Descobri um dia que perigoso queria comprar aspirador para aspirar o carro tah dono Dê que já imaginou que ele ia jogar cerveja em mim e depois me aspiar, prefiro que ele me aspire com aquela boquinha linda...Perigosaaaaaaaaaaaaaa hehheheheheheheheheheh
    aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaeaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadorei que KK escreveu queria dizer que KK é pé frio, pq sempre bato o carro qdo ela sai comigo..ahauahauauahha
    KK acha meu teste para descobri meu problema com ortografia, pq me desculpem os erros quero lembrar que fui alfabetizada, e estou terminando a especialização em Fisioterapia ahuaahauahuu

    bjo

    ador

    ResponderExcluir
  5. é cada história q a gente presencia, né?.. muchas risas..

    ResponderExcluir
  6. Ká, boas novas: estamos - Ana, Antonio e eu - de passasgens compradas para SP no fim de semana da Reatech. Se você estiver lá, vamos combinar de nos encontrar na feira. Beijo

    ResponderExcluir
  7. Olá boa tarde, meu nome é Laércio, trabalho na Pedra Branca com o Sidney. Pois bem estou realizando um projeto para faculdade em cima de um cadeirante, o projeto será todo voltado para para um portador de necessidades especiais e será desenvolvido em um apartamento, e utilizarei algumas informações do seu blog para o desenvolvimento do meu trabalho.

    ResponderExcluir

Deixe suas Koisas aqui também... obrigada pela visita!